COLÉGIO ONDE A MENINA BEATRIZ ESTUDAVA E FOI MORTA SE PRONUNCIA
14/01/2022 07:03 em Novidades

Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, onde ocorreu o assassinato de Beatriz Mota, no ano de 2015  em Petrolina, se pronunciou a respeito da conclusão do inquérito que identificou Marcelo da Silva como o autor do crime. Em nota, o Colégio manifestou solidariedade ao luto da família e afirmou estar ajudando no possível com as investigações. 

 
 
"Reafirmamos que nos solidarizamos com os pais e familiares de Beatriz Mota e que continuamos colaborando, irrestritamente, com as investigações sempre que somos acionados. Rogamos pela continuidade das apurações confiando plenamente na Justiça, Polícia Civil do Estado-PE e Ministério Público-PE para a solução do caso", diz a nota publicada nas redes sociais do Colégio.
 
Em coletiva realizada na última quarta-feira (12), o secretário de Defesa Social, Humberto Freire, declarou que o indiciamento já foi feito, mas que as investigações continuam. 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!